ALUGUEL PODE SER MAIS CARO QUE PARCELA DE FINANCIAMENTO! “SOBE ATÉ 50% EM UM ANO”

O orçamento familiar registra peso muito maior do aluguel que de uma prestação de crédito imobiliário.
Já esta passando da hora de quem têm Fundo de Garantia aproveitar e usa-lo na compra de um imóvel; e, também de quem não tem de esforçar-se para comprar sua casa própria e nunca mais pagar aluguel.

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ SE BENEFICIAR COM O GANHO DESTA CONSIDERÁVEL QUANTIA QUE O AJUDARÁ! Não é promoção ou sorteio!!! É patrocinio de Roberto Medina Negócios Imobiliários! A título de informação: “O presente ou seja a escritura, seu valor fica entre 4/5% calculados sobre o valor do imóvel comprado”.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

NÃO É PROMOÇÃO! É PATROCINIO MESMO!!!

Se este presente, no momento, não interessar à você, poderá dá-lo a dezenas de pessoas que você considera, entre parentes e amigos.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

DESCUBRA O QUE VALORIZA O SEU IMÓVEL!!!

CONDOMÍNIO BARATO, VISTA ATRAENTE, BOA LOCALIZAÇÃO E FACILIDADE DE ESTACIONAMENTO ELEVAM O VALOR DE VENDA OU DO ALUGUEL

Seja na compra para uso próprio ou para investimento, vale a pena ter em mente as características que ajudam a mais tarde valorizar o imóvel na eventual venda ou aluguel da propriedade. Alguns fatores independem do perfil do morador, como bom estado geral de conservação, ventilação, luminosidade, vista atraente, ausência de umidade e, na maior parte dos casos, facilidade de estacionamento.

Outras características tendem a mudar conforme o perfil sócio-econômico do comprador ou inquilino. “Moradores de imóveis de alto padrão tendem a preferir ruas residenciais e sossegadas, enquanto pessoas de menor renda buscam proximidade do transporte coletivo”, afirma José Augusto Viana Neto, presidente do Creci-SP (Conselho Regional de Corretores de Imóveis de São Paulo).

O valor do condomínio também é relevante, sobretudo nas propriedades mais baratas, em que taxas altas afugentam interessados. O número de vagas na garagem é outro fator que muda conforme a conta bancária – quanto maior a renda, mais vagas são exigidas.

Quer reformar? Antes de derrubar as paredes, saiba que nem toda obra conta pontos para comercialização. “Muitas das modificações estéticas são apenas para o próprio prazer, sem retorno financeiro”, afirma o arquiteto Saulo Szabó, do escritório Szabó e Oliveira Arquitetura. Ele exemplifica: “o comprador pode não se dispor a pagar a mais por piso de mármore caríssimo, até porque pode não gostar dele”.

Por isso, se o objetivo for ganhar mais na venda ou aluguel, ele recomenda investir no encanamento, rede elétrica, esquadrias de qualidade e, se for o caso, ar-condicionado. “Imóveis com boa infraestrutura valem mais”.

Fonte: Carin Homonnay Petti, especial para o iG | 19/01/2011 05:28

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

FRAUDE CONTRA O LEÃO PODE DAR CADEIA

A insatisfação diante da elevada carga tributária brasileira é uma unanimidade no País e muitos contribuintes tentam burlar a prestação anual de contas ao Fisco. Mas o sistema informatizado de cruzamento de dados da Receita Federal, cada vez mais certeiro, revela as fraudes, punindo os sonegadores. Além das pesadas multas, o desdobramento de uma fraude na declaração de IMPOSTO DE RENDA pode levar o contribuinte a sérias complicações, inclusive judiciais.

O Ministério Público Federal (MPF) em Minas Gerais, por exemplo, já denunciou seis pessoas à Justiça Federal por fraude este ano, antes mesmo do término do prazo para entrega das declarações de IR. Somadas, as penas para os denunciados podem chegar a 25 anos de prisão por uso de documento falso, crime contra a ordem tributária, falsidade ideológica, entre outras irregularidades, informou o MPF de Minas.

Os documentos falsos identificados nas declarações de IR em Minas referem-se a despesas com médicos e dentistas com a finalidade de obter dedução fiscal e a fraude foi detectada a partir do cruzamento de dados dos envolvidos, pela Receita Federal. Além dos contribuintes também foram denunciados profissionais liberais ou proprietários de empresas prestadoras de serviços de saúde que forneceram os recibos com informações falsas.

“É bastante comum que as pessoas, quando intimadas pela Receita Federal para comprovar despesas declaradas no Imposto de Renda, lancem mão de recibos falsos. E isso ocorre em duas situações: quando o próprio profissional de saúde fornece ao contribuinte um recibo atestando despesa que nunca existiu, ou quando é o contribuinte quem falsifica o recibo em nome do profissional cujos dados informou na declaração”, afirma o procurador da República em Minas Gerais Patrick Salgado, coordenador do Núcleo Criminal do MPF de MG. Ele diz ainda que o processo criminal atinge pessoas que jamais se imaginariam contratando um advogado para defendê-las em um processo penal, pois acreditam que não seriam descobertas.

“Embora os tribunais considerem que o pagamento ou parcelamento do débito tributário afaste a imputação pelo crime de sonegação fiscal, esse benefício não alcança o profissional liberal, porque ele é um terceiro na relação jurídica. Ou seja, o contribuinte pode até se ver livre de eventual ação penal, caso pague sua dívida com o Fisco, mas o profissional de saúde que lhe forneceu o recibo com informações falsas sempre irá responder pelos crimes cometidos”, diz Salgado.

Entre os denunciados em Minas está o responsável pela empresa Minasdonto que, segundo o MPF, teria vendido recibos para fins de dedução do Imposto de Renda. Entre os anos de 2000 e 2004, 360 pessoas informaram à Receita Federal gastos com serviços prestados pela Minasdonto, em valores que, somados, ultrapassaram os R$ 3,5 milhões. As declarações do Imposto de Renda da empresa, no entanto, apontaram um valor de receita bruta de apenas R$ 29 mil. Nenhum funcionário da empresa foi encontrado para comentar o caso.

Fonte: Denise Motta, iG Minas Gerais | 13/04/2011 14:26

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

UM PARAÍSO DESCONHECIDO NA LETÔNEA! Você adoraria morar…

Paraiso desconhecido da Letônia

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Continuação da matéria sobre o RELATÓRIO FINAL DA POLÍCIA FEDERAL DOS CORRUPTOS DO MENSALÃO

Liderada pelo policial Luís Flávio Zampronha, delegado que coordena o caso desde o início e integra a divisão de Repressão a Crimes Financeiros, a PF vasculhou centenas de contas bancárias, esmiuçou dezenas de documentos internos das empresas envolvidas no esquema e ouviu cerca de 100 testemunhas. Produziu-se esse minucioso trabalho por determinação do ministro Joaquim Barbosa. O objetivo era produzir provas acerca dos pontos que não haviam sido contemplados nas investigações da CPI dos Correios e da Procuradoria-Geral da República. As dúvidas dividiam-se em três perguntas elementares:

1. O mensalão foi financiado com dinheiro público?
2. Houve mais beneficiários do valerioduto?
3. Qual era o limite da influência de Marcos Valério no governo petista?

A investigação da PF dissolve essas incertezas – e faz isso com muitas, muitas provas. A resposta às duas primeiras perguntas é sim, sem dúvida. A resposta à terceira? Nenhum. Não há mais argumentos falaciosos, teses descabidas ou teorias conspiratórias que permitam ignorar os fatos colhidos pela PF. Derrubam-se, assim, os mitos que setores do PT, sobretudo sob a liderança moral e simbólica do presidente Lula, tentaram impor à opinião pública. O mensalão não foi uma farsa. Não foi uma ficção. Não foi “algo feito sistematicamente no Brasil”, como chegou a dizer o ex-presidente. O mensalão como já demonstravam as investigações da CPI dos Correios e do Ministério Público e agora se confirma cabalmente com o relatório da PF, consiste no mais amplo (cinco partidos, dezenas de parlamentares), mais complexo (centenas de contas bancárias, uso de doleiros, laranjas) e mais grave (compra maciça de apoio político no Congresso) esquema de corrupção já descoberto no país. O significado político e, sobretudo, simbólico do fim desse debate é enorme – e pode alterar os rumos do processo do mensalão no STF, que até o momento tendia para uma vagarosa morte jurídica.

Ao responder ao que lhe foi pedido, a PF avança ainda mais. Eis as principais descobertas expostas no relatório:

* Chegou-se, finalmente, ao elo mais grave do esquema do valerioduto: a conexão com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O segurança Freud Godoy, que trabalha com o petista desde a campanha de 1989 e desfruta a intimidade da família de Lula, confessou à PF que recebeu R$ 98 mil de Marcos Valério. Disse que se tratava de pagamento dos serviços de segurança prestados a Lula na campanha de 2002 e durante a transição para a Presidência;

* Os peritos da PF rastrearam o envolvimento de mais grão-políticos no esquema. Direta ou indiretamente, seja por meio de assessores ou de familiares, em campanhas políticas ou no exercício do mandato, receberam dinheiro do valerioduto políticos poderosos, como o ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, do PT, e o eterno líder do governo no Congresso, senador Romero Jucá, do PMDB. Descobriu-se também, ou se conseguiu confirmar, a participação de mais sete deputados federais, dois ex-senadores e um ex-ministro;

\\// Os novos beneficiários \\// Sabia-se que 28 parlamentares, além de prefeitos e deputados estaduais, haviam apanhado recursos com a turma de Marcos Valério. A PF avançou no rastro do dinheiro e lançou, em seu relatório final, mais suspeitas sobre políticos e pessoas ligadas a Marcos Valério que teriam sido, direta ou indiretamente, beneficiados pelo esquema. São elas: (Para não cansar os leitores, estou postando a contra-gotas) continuação próxima postagem

Fonte: Época 04 de abril 2011

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

OPORTUNIDADES: 02 APARTAMENTOS À VENDA, UM COM 02, OUTRO COM 03 DORMITÓRIOS

FREGUESIA DO Ó – NOVO PRONTO PARA MORAR - Ótima Oportunidade – Apartamento com 42.m2 útil – 02 Dormitórios, Sala 02 Ambientes, Cozinha, Lavanderia, 01 Banheiro, 01 Vaga de Garagem e Lazer Completo (Piscina Adulto e Infantil, Salão de Festas, Salão de Festa com Espaço Gourmet, Quadra Esportiva Iluminada, Churrasqueira, Brinquedoteca, Sala de Cinema, Salão de Jogos, Fitnes, Playground e Praça da Fonte) – R$ 130.000,00

FREGUESIA DO Ó – NOVO PRONTO PARA MORAR - Ótima Oportunidade – Apartamento com 50.m2 útil – 03 Dormitórios, Sala 02 Ambientes, Cozinha, Lavanderia, 01 Banheiro, 01 Vaga de Garagem e Lazer Completo (Piscina Adulto e Infantil, Salão de Festas, Salão de Festa com Espaço Gourmet, Quadra Esportiva Iluminada, Churrasqueira, Brinquedoteca, Sala de Cinema, Salão de Jogos, Fitnes, Playground e Praça da Fonte) – R$ 160.000,00
Roberto Medina
rm@rmnegociosimobiliarios.com.br – 11.3976.9563

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

RELATÓRIO FINAL DA PF REVELA QUE O DINHEIRO DO CASO MENSALÃO, SAIU DOS COFRES PÚBLICOS

TRAZ AINDA, NOVAS PROVAS E ACUSAÇÕES CONTRA DEZENAS DE POLÍTICOS

{1} O mensalão existiu = O relatório da PF concluiu que o valerioduto foi resultado de uma complexa engenharia financeira armada com o objetivo de “facilitar atividades ilegais”
{2} O dinheiro era público = A investigação mostrou que o Fundo Visanet, do Banco do Brasil, foi a principal origem dos recursos do valerioduto
{3} A serviço de Lula = O valerioduto pagou a segurança pessoal de Lula na campanha presidencial de 2002, segundo disse Freud Godoy à Policia Federal
{4} Os contratos suspeitos = A Brasil Telecom, então controlada pelo banqueiro Daniel Dantas, celebrou contratos de publicidade de R$ 50 milhões com as agências de Valério, com o objetivo de “conferir a fachada de legalidade necessária” para encobrir o esquema
——————————————————————————————————————————————-
MJ – DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DIVISÃO DE REPRESSÃO A CRIMES FINACEIROS
——————————————————————————————————————————————-
As investigações realizadas pela Policia Federal demostraram que as empresas vinculadas a MARCOS VALÉRIO foram estruturadas em múltiplas entidades, inter-relacionadas por meio de uma série de filiais, contas bancárias, transações internas e relacionamentos nominais, estabelecidas como mecanismo ideal para facilitar atividades ilegais próprias ou de terceiros, notadamente para promover a dissimulação da origem e o destino de recursos a serem movimentados.
——————————————————————————————————————————–
O adiantamento de recursos vinculados ao FUNDO DE INCENTIVO VISANET configura, assim, uma das principais fontes de recursos do ESQUEMA MONTADO POR MARCOS VALÉRIO para o financiamento político e conseqüente montagem de redes de influência, vez que o desvio desta verba era facilitada pela total inexistência de qualquer contrato formal para sua execução, bem como pela ausência de formalização de instrumento, ajuste ou equivalente para disciplinar as destinações dadas aos adiantamentos oferecidos às agências de publicidade.
——————————————————————————————————————————–
Em relação ao recebimento da quantia de R$ 98.500,00 da empresa SMP&B COMUNICAÇÃO LTDA, conforme transação ocorrida no dia 21/01/2003, FREUD GODOY afirmou referir-se ao pagamento pela prestação de diversos serviços durante a campanha do PRESIDENTE LULA ocorrida no ano de 2002, tais como despesas de segurança, alimentação, transporte, hospedagem de equipes de apoio e segurança da campanha presidencial.
——————————————————————————————————————————–
CASO BRASIL TELECOM: do presente relatório, que demonstraram as evidências de que os contratos nº DMS-M 3300010273 e nº DMS-M 3300010414, no valor total de R$ 50.000.000,00 (cinqüenta milhões), foram celebrados entre a BRASIL TELECOM S/A e as agências SMP&B COMUNICAÇÃO LTDA e DNA PROPAGANDA LTDA apenas com o objetivo de conferir a fachada de legalidade necessária para a distribuição de recursos, na forma de doações clandestinas ou mesmo suborno, negociados ao longo de 2 (dois) anos entre representantes do GRUPO OPPORTUNITY e do PARTIDO DOS TRABALHADORES, sempre com a indelével intermediação do empresário MARCOS VALÉRIO FERNANDES DE SOUZA.
——————————————————————————————————————————–
Diego Escosteguy

Era uma vez, numa terra não tão distante, um governo que resolveu botar o Congresso no bolso. Para levar a cabo a operação, recorreu à varinha de condão de um lobista muito especial, que detinha os contatos, os meios e o capital inicial para fazer o serviço. Em contrapartida, o lobista ganharia contratos nesse mesmo governo, de modo a cobrir as despesas necessárias à compra. Ganharia também acesso irrestrito aos poderosos gabinetes de seu cliente, de maneira a abrir novas perspectivas de negócios. Fechou-se o acordo – e assim se fez: o lobista distribuiu ao menos R$ 55 milhões a dezenas de parlamentares da base aliada do governo. O governo reinou feliz para sempre.

Mas somente por dois anos, Há seis anos, em junho de 2005, pela voz do vilão e ex-deputado Roberto Jefferson, a fantástica história do maior escândalo de corrupção já descoberto no país, conhecido como mensalão, veio a público. O governo quase ruiu. Seu líder, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, disse que “devia desculpas” ao país. Os dirigentes do PT, o partido responsável pelo negócio com o lobista, caíram um apôs o outro, abalroados pelas evidências de que, não, aquela não era uma história de ficção: era tudo verdade.

Sobrevieram as investigações de uma CPI (a última que chegou a funcionar efetivamente no país) e a enfática denúncia do procurador-geral da República, que qualificou o grupo como uma “organização criminosa”, liderada pelo primeiro-ministro informal desse governo, o petista José Dirceu. A realidade dos fatos abateu-se sobre as lideranças do partido. Tarso Genro, um deles, falou em refundar o partido. Lula pediu desculpas mais uma vez. O então deputado José Eduardo Cardozo, reconheceu que houve mensalão, e que era preciso admitir os fatos.

Parecia que haveria um saudável processo de depuração ética em Brasília. Parecia. Os anos passaram, e a memória dos fatos esvaiu-se lentamente, carregada pelo esforço dos mesmos líderes petistas de reconfigurar o que acontecera através das lentes da má ficção. Dirceu começou a declarar que não houve compra de votos. Petistas disseram que o esquema não fazia sentido, uma vez que, como eram governistas não precisariam receber dinheiro para votar com o governo – esquecendo que o valerioduto também contemplava o pagamento de campanhas políticas com dinheiro sujo. Delúbio Soares, o tesoureiro que coordenou os pagamentos, disse que tudo se tornaria piada de salão. Agora, obteve apoio para voltar ao partido, de onde fora expulso quando era conveniente a seus colegas. Por fim, quando estava prestes a terminar seu mandato, Lula avisou aos petistas: “O mensalão foi uma farsa. Vamos provar isso”.

São as voltas que o planeta político dá. Em Brasília, como se percebe, ele gira com especial rapidez. José Eduardo Cardozo, agora é ministro da Justiça. Foi sob o comando dele que a Polícia Federal produziu sigilosamente um documento devastador, cujas 332 páginas resultam demolidoras para muitos dos próceres da República. Trata-se do relatório final da Polícia Federal sobre o caso do mensalão, que encerra oficialmente os seis anos de extensas investigações conduzidas por delegados, agentes e peritos especializados no combate ao crime organizado. A peça está sobre a mesa do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, e já seguiu para o gabinete do ministro Joaquim Barbosa, o relator do caso do mensalão no Supremo Tribunal Federal. (conclusão da matéria na próxima postagem) R.Medina

Fonte: Época, 04 de abril de 2011

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

NA INTERNET, CLIENTES RECLAMAM, INSATISFEITOS COM AS CONSTRUTORAS

INSATISFEITOS COM AS CONSTRUTORAS, CLIENTES RECLAMAM NA INTERNET

Para divulgar falhas, reunir pessoas com o mesmo problema e pressionar as empresas, consumidores usam blogs e redes sociais

A relações públicas Cristina Santos, de 28 anos, recorreu à internet para reclamar. Ela comprou um imóvel da construtora Tenda em fevereiro de 2008, com a previsão de entrega para maio do ano passado. O apartamento ainda não foi entregue. Cansada de reclamar na central de atendimento, Cristina criou o blog “Tenda To Fora” para reunir reclamações e informações sobre os empreendimentos da construtora em dezembro de 2009. O site já recebeu 25 mil visitantes neste ano.

“Eu criei o blog para fazer com que outras pessoas não comprassem apartamentos da empresa. Não quero que ninguém passe pelo que eu passei”, afirma Cristina. O atraso na entrega do imóvel levou a relações públicas a adiar a data do seu casamento por um ano. Mesmo depois de casada, Cristina não mora com o marido – cada um permanece na casa dos seus pais. Agora, ela avalia se vai processar a construtora por danos morais.

Cristina disse que nunca foi procurada pela construtora para falar do blog e não sabe se a iniciativa influenciou para que a obra avançasse. O blog também reúne relatos de outros clientes da Tenda, a maioria reclamações sobre atrasos da entrega do imóvel.

A Tenda canaliza as reclamações na central de atendimento do cliente e não usa perfis em redes sociais para atender solicitações dos consumidores, afirma a diretora de negócios da empresa, Daniela Ferrari. “Se nós tomamos conhecimento de reclamações na internet, pedimos ao cliente para registrar o problema na central”, diz. A diretora da Tenda afirma que os casos de atraso são pontuais e que, em geral, ocorrem por carência de mão de obra na construção civil.

CANAL DE COMUNICAÇÃO

Além dos blogs, os consumidores insatisfeitos também podem recorrer a redes sociais, como o Orkut, e a sites que agrupam reclamações. O principal deles no Brasil é o Reclame Aqui, criado há dez anos. O portal funciona como uma rede social, que permite a criação de comunidades sobre empresas, a troca de mensagens entre usuários e dá a oportunidade para que as empresas respondam às reclamações. O site fornece estatísticas sobre o desempenho das empresas e permite que os clientes façam comparações.

No caso das construtoras, por exemplo, a MRV soma 2.720 reclamações, 90% delas respondidas e 65% solucionadas. A Tenda tem 1.232 registros, 98% respondidos e 30% solucionados. Já a Goldfarb recebeu 852 reclamações, 100% respondidas e 56% resolvidas.

Foi depois de entrar no site Reclame Aqui e trocar mensagens com outros consumidores que Alex Abreu decidiu criar o blog “MRV Nunca Mais”. Ele acessou o portal para reclamar do atraso nas obras do apartamento que comprou na planta, junto com a noiva. O problema fez com que eles adiassem o casamento por um ano. “O objetivo do blog era reunir informações entre os clientes. Para que todos soubessem o que a empresa falava para cada um”, afirma.

A iniciativa despertou a atenção da MRV, que chamou Abreu para conversar. As negociações, no entanto, não avançaram e Abreu aceitou uma proposta de rescisão do contrato. O blog continua no ar, mas, por enquanto, está sem atualização.
O vice-presidente de relações institucionais, Marcos Cabaleiro, afirma que a MRV procura os clientes que reclamam na internet e os chama para conversar. A empresa tem 25 executivos na diretoria e cada um deles atende cerca de quatro clientes por semana. Cabaleiro afirma que a empresa tenta resolver a situação de cada cliente, mas, entende que os problemas relacionados à compra de um imóvel geram um transtorno maior do que a compra de outros bens. “A questão da casa própria é muito delicada. Ela influencia no estado emocional das pessoas”, afirma.

Os órgãos de defesa do consumidor vêem com bons olhos o uso da internet para reclamações, mas, entendem que apenas escrever em blogs e em redes sociais não resolve a questão. Para a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste) e para o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), os consumidores precisam entrar na Justiça para solucionar seus problemas e punir as empresas que lhes causaram danos.

FONTE: Marina Gazzoni, iG São Paulo | 04/11/2010 05:33

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

“PUBLICIDADE DO MINHA CASA MINHA VIDA NOS LANÇAMENTOS É ENGANOSA”

“PUBLICIDADE DO MINHA CASA MINHA VIDA NOS LANÇAMENTOS É ENGANOSA”

Idec e Pro Teste dizem que construtoras não podem atrelar imóveis ao programa já que enquadramento depende de avaliação posterior

A maioria dos lançamentos imobiliários para famílias de baixa renda traz o logotipo do Minha Casa, Minha Vida em outdoors e folhetos de divulgação. A prática, no entanto, pode ser interpretada como propaganda enganosa das construtoras, segundo especialistas em direito do consumidor consultados pelo iG. O motivo é que a liberação dos benefícios do programa não depende das empresas, mas de uma avaliação do valor do imóvel e do perfil da renda dos compradores, feita posteriormente.

“Se a empresa usa o programa como artifício para motivar a venda do produto, pode vir a configurar uma propaganda enganosa”, afirma Maria Elisa Novais, gerente jurídica do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec).

Peças de divulgação de lançamentos com remissão ao Minha Casa, Minha Vida e simulações de crédito feitas pelos corretores dentro das condições do programa podem ser usadas como prova pelos clientes para processar as construtoras. “Elas não podem direcionar o cliente para o programa e depois empurrar outro tipo de financiamento”, afirma a coordenadora institucional da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste), Maria Inês Dolci.

O Idec e a Pro Teste entendem que os clientes que perderam o benefício do Minha Casa, Minha Vida após a avaliação dos imóveis podem processar as construtoras por danos materiais e, se necessário, morais. O dano moral pode ser configurado se a pessoa comprovar que os problemas com a aquisição do imóvel provocaram prejuízos pessoais, como, por exemplo, o adiamento de um casamento. Eles também podem prestar queixas no Procon.

Os casos em que o cliente perdeu o benefício do Minha Casa, Minha Vida pelo aumento da renda não cabem processos por publicidade enganosa contra as construtoras. “A condição mudou exclusivamente pelo consumidor e foi benéfica a ele”, afirma Novais. Mas, se houver um prazo muito elevado para a assinatura do contrato de financiamento, o consumidor pode questionar a situação na Justiça. “Demorar um ano para firmar o contrato de crédito me parece demasiado”, diz Dolci.

PRECAUÇÕES

Para evitar problemas futuros, as especialistas recomendam que o consumidor exija que a construtora coloque no contrato que o imóvel à venda está enquadrado no Minha Casa, Minha Vida. O comprador também deve checar a documentação dos empreendimentos, guardar informativos atrelados ao programa e e-mails enviados e recebidos ao corretor ou à construtora.

Fonte: [Marina Gazzoni, iG São Paulo] |

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

COMPRA E VENDA DE IMÓVEL!!!


Roberto Medina Neg Imobiliários > http://www.rmnegociosimobiliarios.com.br
E-mail: > rm@rmnegociosimobiliarios.com.br > Fone: (11) 3976.9563

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Uma boa oportunidade para se ganhar dinheiro…

Você pode ganhar bom dinheiro extra como COLABORADOR.
Somente indicando imóveis que estiver à VENDA.

Localidades: São Paulo zonas norte sul leste oeste

Somente transmitindo os dados necessários:
DO IMÓVEL: endereço completo valor de venda
DO PROPRIETÁRIO: nome completo telefones para contato email

O pagamento e a remuneração do COLABORADOR pela indicação do imóvel quando vendido pela empresa é de 20% (vinte por cento) sobre a quantia recebida de comissão.

Ex: Valor total da comissão paga pelo proprietário: R$30.000,00 Remuneração do COLABORADOR: R$6.000,00.

Se desejar maiores esclarecimentos, envie mensagem ASSUNTO: indicação de imóveis para Roberto Medina pelo email: rm@rmnegociosimobiliarios.com.br

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Financiamento Habitacional, assistencia GRATUITA

Patrocinio e colaboração da Roberto Medina Neg. Imobiliários


Colaboração: Roberto Medina Negócios Imobiliários

http://www.rmnegociosimobiliarios.com.br

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

DICAS AOS VENDEDORES & COMPRADORES DE IMÓVEL!!!

Com a experiência do dia a dia, atendendo, dando consultoria e acompanhando GRATUITAMENTE processos de financiamentos pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH), até a assinatura da escritura junto ao Órgão Financeiro, na qualidade que sou de CORRESPONDENTE CAIXA AQUI, considero importante estas orientações (DICAS) não só a COMPRADOR como a VENDEDOR, ainda que sabendo ser do conhecimento de muitos.

Entretanto! é CONSIDERÁVEL o número de transações que são RESCINDIDAS por inadimplência, ora por culpa de vendedores, ora compradores, ou motivos de documentos do imóvel não aptos para finalidade.

Hoje a compra e venda de um imóvel, realizada através de Financiamento Habitacional, quando orientada e acompanhada por um profissional especializado, sua finalização se da em torno de 21 dias, contados da data de entraga da documentação, com a assinatura da escritura junto ao Órgão Financeiro.

A DICA é mais simples do que se pode imaginar; entretanto é de suma importância para finalização da negocio.

Analise com pecaução todos documentos necessários à transação que não poderão ter restrições cadastrais (vendedor e comprador); documentos e certidões negativas do imóvel; comprovação de renda do comprador compativel com valor de crédito solicitado; FGTS liberado conforme exigências das Leis em vigôr; avaliação do imóvel compativel com valor de alienação fiduciária.

Estas modestas DICAS, podem colaborar para o fim de que antes de fecharem o negócio, tomem as devidas precauções, eximindo-se dessa forma dos futuros problemas ou prejuizos.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

ELABORE CONTRATO DE FORMA IRREVOGÁVEL E IRRETRATÁVEL!!!

A CLÁUSULA DE IRREVOGABILIDADE E IRRETRATABILIDADE é extensiva aos herdeiros e sucessôres das partes contratantes, até final liquidação. { os contratantes não tem o direito de desistirem do negócio }!!!

A CLÁUSULA DE ARREPENDIMENTO, já permite ao vendedor e comprador se arrependerem do negócio, devolvendo o vendedor a importância em dobro recebida a título de sinal e principio de pagamento e comprador perdendo o referido sinal.

Em meus mais de 30 anos de escrevente de Cartório de Notas, testemunhei várias vendas mal sucedidas!!!

Isto me habilita alertar a todos a fecharem a negociação com o contrato elaborado de forma irrevogável e irretratável.

No caso de contratos com a cláusula de arrependimento, o vendedor encontrando outro interessado pela compra do imóvel, pode devolver o sinal em dobro e ainda ter mais vantagens com o novo comprador!

Da mesma forma, comprador encontrando outro imóvel, mesmo perdendo o sinal, teria ainda maiores vantagens com o novo vendedor!

Presenciei vários vendedores e compradores desesperados pelo contrato celebrado com a cláusula de arrependimento!

Em alguns casos vendedores e em outros compradores, que firmados no negócio realizado, assumiram compromissos que não serão cumpridos devido à rescisão, pela desistência de uma das partes contratantes.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

SÁBIO? <:} É ESTAR À PROCURA INCANSÁVEL DE CONHECIMENTOS!!!

NINGUÉM PODE EXIMIR-SE DE CONSULTAR OBRA QUE PROCURA TRANSMITIR CAUTELAS E CONHECIMENTOS BÁSICOS E TÉCNICOS EM TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS!

Hoje você pode não estar VENDEDOR ou COMPRADOR de ÍMÓVEL, mas com certeza AMANHÃ ESTARÁ.

Este trabalho visa tão sòmente EVITAR NULIDADES DOS ATOS JURÍDICOS; útil, sumamente valioso, orientador dos que em ocasião de VENDER OU COMPRAR, terá como ANCÔRA às CAUTELAS E PRECAUÇÕES QUE DEVERÃO SER TOMADAS.

Prefira sempre fazer UM PEQUENO NEGÓCIO com UMA GRANDE PESSOA, a fazer UM GRANDE NEGÓCIO com UMA PESSOA PEQUENA.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

PENSE DUAS VEZES PARA COMPRAR IMÓVEL NA PLANTA!

PESQUISA INDICA ATRASOS DE ATÉ DOIS ANOS NA ENTREGA DE IMÓVEL COMPRADO NA PLANTA!

Referida pesquisa, refere-se à CONSTRUTORA DE PEQUENO, MÉDIO e GRANDE PORTE que não cumprem o prazo de entrega, solicitando ao comprador prazos que não foram contratados, como mais 120 dias, depois mais 120 dias, e assim vai!

As deculpas e justificativas dadas, sempre são as mesmas: as chuvas, atrazo dos Órgãos de Legalização e etc., e vai por aí!

Mais o que o comprador tem haver com tudo isso? ABSOLUTAMENTE NADA! a construtora tem obrigação em calcular esses acontecimentos e comprometer-se com a garantia de 100% na data de ENTREGA DO BEM ADQUIRIDO.

Isso ocorre também porque não há PERDA FINANCEIRA PARA ELA, o CONTRATO DE VENDA E COMPRA não impõe CLÁUSULA de PENALIDADE por INADIMPLÊNCIA em caso de ATRASO.

Com a CLÁUSULA DE PENALIDADE POR INADIMPLÊNCIA, o comprador ficará em igualdade de DIREITOS e OBRIGAÇÕES ASSUMIDAS.

Quero esclarecer que não me refiro que o contrato elaborado pela construtora seja leonino, não é o objetivo deste ALERTA, mais sim, AVISAR o COMPRADOR para que NÃO SEJA SURPREENDIDO!

Contra-tempos não ocorre sòmente com a construtora, mas também com o comprador, a diferença é que se ele atrasar os pagamentos das parcelas tem a sua cláusula de penalidade, porque NÃO TAMBÉM A CONSTRUTORA? CONCORDA COMIGO!!!

SE fôr comprar IMÓVEL NA PLANTA, aconcelho que antes de assinar o contrato, leve-o a um especialista para ser analisado.

Bem! são tantos os CUIDADOS a serem tomados, que tecnicamente à luz do Direito Imobiliário, fica dificil exemplificar e transmitir neste modesto BLOG DE ALERTAS, CUIDADOS E PRECAUÇÕES, mas SEMPRE FICAREI À DISPOSIÇÃO de quem deste AMIGO PRECISAR!!!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

LEMBRANDO DETALHE IMPORTANTE!

Passado algum tempo, todas as lembranças das tragedias que vêm acontecendo com as FORTES CHUVAS são esquecidas.
E é por este único motivo que deixo GRAVADA esta LEMBRANÇA para quando você for COMPRAR SEU IMÓVEL, não deixar de primeiro ANALISAR E PESQUISAR O LOCAL, e chegar a conclusão que é um lugar SEGURO PARA HABITAR COM A FAMILIA.
Não é só seu PATRIMONIO que corre risco, mais VIDAS, o BEM MAIS PRECIOSO.
Quero dizer, que além das precauções e cuidados a serem tomadas com relação a documentação do imóvel e dos vendedores, ESTA LEMBRANÇA DO DETALHE É AINDA A MAIS IMPORTANTE.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Para que você não se ferre!!! “2″

Além de minuciosa análise da documentação do IMÓVEL, com mesma importância deve ser a análise da documentaçãoi dos proprietários, pessoa fisica ou juridica que constem como titulares de direitos na MATRICULA do REGISTRO DE IMÓVEIS COMPETENTE, que relaciono a seguir:

PESSOA FISICA:

1. Certidão Conjunta Negativa de Débitos relativa a Tributos Federais e a Dívida Ativa da União, emitida pelo Ministério da Fazenda, Procuradoria Geral da Fazenda Nacional e Secretaria da Receita Federal.
2. Certidões dos 10 Cartórios de Protestos do domicilio do vendedor e também da localização do imóvel, periodo retroativo a 05 anos.
3. Certidões dos Distribuidores Judiciais Civeis e Execuções Fiscais do domicilio do vendedor e do imóvel, periodo retroativo a 10 anos.
4. Certidão da Justiça Federal, periodo retroativo a 10 anos.
5. Certidão da Justiça do Trabalho do domicilio do vendedor e do imóvel, periodo retroativo a 10 anos.
6. Prova de estado civil (serox autenticada da certidão de casamento, pacto antenupcial, nascimento (se solteiro) etc.
7. Xerox autenticada da cédula de identidade.
8. Xerox autenticada do cartão de inscrição no CPF.
9. Prova de residência (xerox simples).

J U R Í D I C A:

1. Contrato ou Estatuto Social e posteriores alterações, devidamente registrados no respectivo registro competente.
2. Certidão da Justiça Estadual relativa a Requerimento de Falência e Concordata da cidade da localização da empresa e do imóvel.
3. Certidão Negativa do INSS ( CND ).
4. Certidão Negativa da Secretaria da Receita Federal.
5. Certidões Negativas dos Cartórios de Protestos da cidade da localização da empresa e do imóvel, abrangendo o período de 05 anos.
6. Certidões Negativas dos Distribuidores Forenses das Justiças Estadual e Federal e Executivos Fiscais – Estaduais e Municipais da cidade de localização da empresa e do imóvel, abrangendo o período de 10 anos.
7. Certidão da Justiça do Trabalho da cidade da localização da empresa e do imóvel.
8. Certidão Negativa de Inscrição junto à Divida Ativa da União.

DOS SÓCIOS: ( PESSOA FISICA RELACIONADAS ACIMA).

Têm mais dicas afim de que você faça uma compra firme e valiosa.
ENTRETANTO…….. já com estas, você só vai se ferrar se quiser por não observar estas precauções.
Há outro fator importante a ser observado e de grande relevancia que é a ELABORAÇÃO DO CONTRATO PARTICULAR DE RECIBO DE SINAL E PRINCIPIO DE PAGAMENTO DE COMPROMISSO DE VENDA E COMPRA E OUTRAS AVENÇAS.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Para que você não se ferre!!!

Todo imóvel, desde quando terreno, têm uma folha corrida onde consta todos acontecimentos desde a data de sua existência.
É como o número do RG. Só que o dele é o número de TRANSCRIÇÃO, atualmente número da MATRÍCULA, onde são anotadas todas ocorrencias, transações e acontecimentos ao decorrer o tempo.
Você deve em primeiro lugar, antes de assinar qualquer compromisso e dar sinal para compra, pedir junto ao Registro de Imóveis Competente, através do número da MATRICULA do imóvel o que segue:
1. – CERTIDÃO ATUALIZADA DA MATRICULA COM NEGATIVA DE ÔNUS E ALIENAÇÕES.
2. – Na Prefeitura do Municipio Competente, através do número de CONTRIBUINTE a CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS ATUALIZADA.
3. – (se apartamento) além de 1. e 2. também CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS CONDOMINIAIS, assinada pelo síndico ou Administradora e ULTIMA ATA DA ELEIÇÃO DO SINDICO. (todos com firmas reconhecidas).

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário